É Realmente Eficaz, A Dieta Mediterrânica Para Emagrecer

A dieta mediterrânica, contém os menus típicos dos países que se encontram ao redor do Mar Mediterrâneo, como Itália e Grécia.


Origem da Dieta Mediterrânea Para Emagrecer


dieta mediterrânea para emagrecertrata-Se de uma dieta saudável, que foi criado a partir de um problema social nos Estados Unidos, como a proliferação rápida de doenças do coração.


Muitos pesquisadores descobriram que esses países mediterrânicos copos de estas doenças eram baixas e tentaram decifrar um padrão para a alimentação.


Dando lugar a uma forma de vida conhecida internacionalmente como um método de melhorar a saúde e prevenir doenças.


Principais Características da Dieta Mediterrânea Para Emagrecer


Foi assim que surgiu a dieta mediterrânea para emagrecer que não se trata de uma dieta que indique o que comer no dia a dia, mas sim de um conjunto de regras que levam a um estilo de vida saudável.


Sua alimentação inclui uma grande variedade de frutas, legumes, grãos integrais, pão, legumes, batatas, frutos secos e sementes.


Uma dieta saudável, que inclui também o azeite de oliva e o vinho tinto em grande quantidade.


A carde peixe, aves, produtos lácteos e ovos são utilizados em quantidades moderadas, enquanto que a carne bovina só é consumida em raras ocasiões.


As ervas frescas, alho, pimenta do reino e vinho tinto, são os elementos usados para aromatizar as refeições.


Os alimentos que se encontram em seus pratos, a dieta mediterrânea é reconhecida mundialmente como saudável.


A regra de ouro da dieta mediterrânea para emagrecer é incluir uma grande quantidade de alimentos frescos e naturais, e são poucos os alimentos processados.


Muitos nutricionistas de renome da recomendam não só porque é mais eficaz para perda de peso, mas que é nutricionalmente completa e previne doenças.


A dieta mediterrânica para emagrecer é boa para o coração


A principal razão por que esta dieta tem a fama de ser boa para prevenir doenças cardíacas é a forte presença do azeite de oliva e o vinho tinto.


No entanto, a maioria dos especialistas dizem que os seus benefícios estão relacionados com o pacote inteiro de indicações desta dieta.


A principal diferença desta dieta com outras está no conteúdo total de gordura. O conteúdo de gordura da dieta mediterrânica é mais alto.


Quão efetiva é uma dieta mediterrânea para emagrecer


Apesar de que a dieta mediterrânica, contém grandes quantidades de calorias, se você seguir ao pé da letra este estilo de vida, você pode perder peso e mantê-lo, uma vez que chegaste ao fim.


O óleo de oliva, os alimentos fritos, molhos e massas fazem com que as calorias subam imediatamente.


Alguns aspectos negativos da dieta mediterrânea para o emagrecimento é que contém muita sal e a probabilidade de aumentar a ingestão de vinho nas refeições.


Os produtos lácteos são alimentos muito pouco o que pode significar um pobre ingestão de cálcio aumentando a possibilidade de sofrer de osteoporose.


dieta mediterrânea para emagrecerO baixo consumo de carne e ovos também pode levar a um défice de ferro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *